Picture
Nos dias de hoje é muito comum associar academia a suplementos alimentares, especialmente entre as pessoas que procuram dedicar mais tempo e dinheiro em sua aparência. Não é novidade que nós brasileiros temos o costume de ter uma queda por tudo o que é importado mesmo possuindo opções nacionais muito boas (poucas vezes, mas temos!). Afinal de contas quais são os motivos que levam a toda pessoa mais experiente a comprar suplementos importados ao invés desses nacionais de mais fácil acesso?


Mercado De Oferta e Demanda

Os Estados Unidos estão nesse mercado a muito mais tempo do que nós, e onde há uma grande demanda sempre existirá uma concorrência para suprir seja em variedade ou qualidade. Essa justificativa não se aplica apenas comparando em relação ao Brasil, mas como também para todo o resto do mundo.  Pois afinal de contas é la onde ocorrem as maiores competições de fisiculturismo, assim como se encontra o maior mercado interessado em produtos de alta qualidade. Sejam atletas do país ou até mesmo que treinam nesse país vide o exemplo de lutadores de MMA, para se prepararem para alguma luta a grande maioria vai treinar lá. Não é apenas por conta disso, mas que é um forte fator para que ainda estejamos ainda engatinhando nessa indústria.

Órgão Fiscalizador Rigoroso Demais

Todo cidadão que se preze sabe o quão rigorosa a ANVISA é, ao ponto de ser até mais do que muitas autoridades por ae, tratando-se dos suplementos alimentares a situação fica mais complicada ainda. Diversas substâncias que são permitidas em outros países são proibidas, o que dificulta ainda mais a indústria de suplementação nacional tornar-se mais forte e competitiva em relação aos produtos importados.

A soma desses grandes fatores e inúmeros outros menores, ou mais específicos, fazem com que as pessoas procurem comprar suplementos importados evitando com que a indústria nacional fique forte.

 


Comments


Comments are closed.

    Sobre o Blog:

    SOS Academia é um blog cujo objetivo publicar informações úteis a respeito de exercícios físicos.

    Archives

    No Archives

    Categories

    All